Segunda-feira, 17 de Abril de 2006

RoseiCollis - Uma raça amorosa

Apresento-vos a Papoila, a minha fêmea da raça Agapornis RoseiCollis. Para aqueles que não sabem, há mais raças de Agapornis, por exemplo, a raça Agapornis Personata, mas estes têm cores mais escuras e uma aureola branca à volta dos olhos. Pessoalmente, prefiro os RoseiCollis. É uma especie de piriquito muito grande e aqui está ela a tomar banho, algo que ela adora fazer com frequência. Esta raça é chamada de 'aves do amor' porque regra geral só têm um companheiro a vida toda. Quando um deles morre, muito dificilmente se consegue juntar o que ficou com outro. Ela é muito sociável, anda pela casa a destruir as plantas à minha mãe :), ele (depois apresento-vos) é mais inseguro e medroso. Ela pousa muito no meu ombro e basta esticar-lhe o dedo que ela pousa nele, e posso levá-la para onde quiser. Têm entre os 14 e 16 cms e vivem entre os 10 e 15 anos. Ela tem 9 anos e tenho-a desde pequenina, com alguns meses, pouco depois de sair da protecção dos pais. Não sei distinguir o macho da fêmea, no caso dos meus, ele é muito maior que ela, e como os comprámos a um entendido, sabemos com certeza o sexo de cada um. Adoram fruta, especialmente maçã e pêra, amendoins e passas. Comem imenso, de tudo o que lhes puser, e adoram quando chega o meio da tarde que é quando os soltamos da gaiola para eles andarem pela casa à vontade. Nas últimas semanas, isso não tem acontecido porque como a Branquita teve as crias, temos de lhe dar alguma calma e segurança para tratar delas, e com estes dois, ter calma é impossível. São ciumentos e se apanharem a patinha ou a asa de algum dos canários, são capazes de os magoar. É preciso estar sempre atento, porque tudo o que for passível de se deitar o bico, eles bicam tudo, roupas, plantas, cordas, sacos, embalagens, o que aparecer. Uma vez distraí-me e destruiram literalmente um saco de comida dos canários que começou a espalhar-se na bancada e fui dar com eles a comerem-na :) São muito faceis de se gostar por serem tão afáveis e tão domesticaveis. Mas como todas as aves, é preciso atenção, dedicação e muita paciência. E acima de tudo, é preciso gostar.

música: Sei-te de cor - Paulo Gonzo
publicado por Canarinha às 14:26

link do post | comentar | favorito
|

A Canarinha

Posts Recentes

Alimentação dos Canários

Cebolinha

RoseiCollis - Uma raça am...

Considerações Gerais

O meu canário Gloster

Canários

Links

Posts Recentes

Alimentação dos Canários

Cebolinha

RoseiCollis - Uma raça am...

Considerações Gerais

O meu canário Gloster

Canários

participar

participe neste blog