Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Alimentação dos Canários

Comecemos pela alimentação. Esta deve ser variada, sendo que a oferta que há nas diversas lojas já trazem uma selecção das sementes em quantidades suficientes para a saúde destas aves. Nunca lhes dou à parte cânhamo por exemplo (que dado em grandes quantidades pode ser fatal), ou aveia ou qualquer outra semente porque as embalagens que compramos já trazem as sementes seleccionadas na quantidade certa. Eles comem muito alpista e aveia descascada, linhaça, painço, niger e colza. Esta alimentação deve ser complementada com verdura e fruta, as papas, existem as de ovo, de frutas (que eles apreciam imenso) e uma grande variedade de outras papas, vitaminas e minerais.  Há várias marcas, por exemplo, a AVIPAR, etc.
A comida deve ser apresentada num comedouro e ser mudada praticamente todos os dias. As papas deverão ser dadas duas vezes por semana em comedouros pequenos para que a quantidade não seja muito grande.
Como verduras podemos dar couve, espinafre, sempre lavados e frescos. NUNCA, nunca mesmo, dar alface que lhes causa diarreia e pode causar outras doenças dos intestinos. Como fruta, a mais apreciada é a maçã.
Há uma grande variedade de vitaminas à disposição no mercado. Vitaminas para a época da muda da pena, vitaminas para complementar a alimentação, vitaminas para o canto, etc, e pode oferecer-se ao pássaro, podendo também informarmo-nos junto do comerciante, que regra geral, são pessoas que conhecem bem os pássaros e nos informam do melhor produto.
Depois há a questão da areia no fundo da gaiola, que é muito importante. Para além de servir como 'capa' para as fezes do pássaro, este tem tendência a ir ao fundo da gaiola buscar areia que ingere para o ajudar na digestão, uma vez que não tem dentes. Algumas marcas de areia têm cheiro a anis, mas se a gaiola for lavada todas as semanas, nunca deita mau cheiro. A areia disponível para venda, para além de estar tratada, tem também pedacinhos pequenos de conchas, quase triturados. No entanto, convém ter sempre um recipiente com um pouco de cálcio e de areia disponível, onde não há fezes. A água deve ser trocada todos os dias, para evitar que ganhe limo e fungos, e para poderem ter sempre água nova e fresca.
Um canário saudável está sempre a saltitar, come de tudo o que lhe é apresentado, preocupa-se em limpar as penas várias vezes, tem um porte altivo, o olhar muito desperto e atento, pia imenso, e no caso dos machos cantam praticamente o dia todo. São, portanto, bastante activos.
Se um canário estiver com as penas eriçadas, a um canto ou no fundo da gaiola, encolhido, sem se mexer, e passando o dia todo a dormir, está com certeza doente. É por isso que uma alimentação saudável e variada é importante. Porque se surgirem doenças, o seu organismo terá mais capacidades para combatê-las havendo uma alimentação variada e saudável. Tratando bem esta pequena ave simpática, temos um companheiro afável e dinâmico durante muito tempo.

música: Take my breath away - Berlin
publicado por Canarinha às 14:21

link do post | comentar | favorito
|

A Canarinha

Posts Recentes

Alimentação dos Canários

Cebolinha

RoseiCollis - Uma raça am...

Considerações Gerais

O meu canário Gloster

Canários

Links

Posts Recentes

Alimentação dos Canários

Cebolinha

RoseiCollis - Uma raça am...

Considerações Gerais

O meu canário Gloster

Canários

participar

participe neste blog